Abadia de Westminster

Abadia de Westminster (Westminster Abbey) é uma igreja anglicana onde são realizados casamentos e funerais de reis e personalidades britânicas há mais de mil anos. É lá que, desde 1066, ocorre a cerimônia de coroação do monarca britânico. Em 2011, a Abadia foi palco do casamento real entre o Príncipe William e a então Kate Middleton.

Anualmente, mais de um milhão de pessoas visitam este templo histórico, que não é somente uma atração turística, mas uma igreja em funcionamento com missas e serviços religiosos diários.

UM POUCO DA HISTÓRIA DA ABADIA

A Abadia de Westminster foi fundada no ano 960, época em que a igreja cristã na Inglaterra seguia a autoridade da Igreja Católica Romana. No século XVI, o rei Henrique VIII fundou a Igreja Anglicana que passou a ter seus próprios cultos e tradições, considerando as escrituras e a tradição como autoridade. A Westminster Abbey passou a ser, desde então, uma igreja cristã Anglicana e não Católica.

A construção da igreja que hoje vemos começou em 1245 e ela é um dos primeiros exemplares da arquitetura gótica na Inglaterra. Juntamente com o prédio do Parlamento Britânico (Westminster Palace) e com a igreja de Santa Margarete (St. Margareth’s), a Abadia de Westminster é considerada patrimônio histórico mundial pela UNESCO.

O QUE VER NA ABADIA DE WESTMINSTER

Você certamente se impressionará com a arquitetura e os vitrais da igreja, além de poder conhecer o trono da coroação e apreciar os diversos memoriais e túmulos de reis, rainhas, escritores, poetas, cientistas, atores e políticos.

TOURS NA ABADIA DE WESTMINSTER

A melhor forma de conhecer o interior da abadia é usando o audioguia, incluído no preço do ingresso. Há uma versão em português europeu que é muito boa, mas para quem entende bem o inglês, a versão narrada pelo ator Jeremy Irons é bem mais interessante. O audioguia em diversos idiomas também pode ser baixado em versão para iPhone ou Android (gratuito). O tour leva aproximadamente 1 hora e inclui todos os destaques da Westminster Abbey.